Perfil

Sou Maria Cristina. Fiz bacharelado e Licenciatura em Ciências Sociais, na PUC-SP, onde também fiz minha especialização em Projetos Pedagógicos com o Uso das Novas Tecnologias e o mestrado em Educação: Currículo (linha de pesquisa Novas Tecnologias e Educação). Professora da SEESP e professora universitária. O blog só tem como objetivo ampliar as discussões em sala de aula.

sábado, 24 de novembro de 2012

Conflito Israel X Palestina - mais informações

“(Durante a Idade Média) as cidades árabes da África do Norte e do Oriente Próximo foram lugares que deram asilo e refúgio para os judeus (perseguidos) na Espanha e em outras partes. Na Terra Santa... (os palestinos e a minoria judaica) viveram juntos em harmonia, uma harmonia que só se deteriorou (no final do século XIX) quando os sionistas começaram a afirmar que a Palestina era uma possessão ‘j...
usta' (e exclusiva) do ‘povo judeu', excluindo seus habitantes muçulmanos e cristãos.” — Colheita amarga, Sami Hadawi.

“Antes do século XX, a maior parte dos judeus que viviam na Palestina pertenciam ao velho Yishuv, ou Comunidade, que haviam se estabelecido lá por razões mais religiosas do que políticas. Havia pouco ou nenhum conflito entre eles e a população árabe. As tensões começaram depois que os primeiros colonos sionistas chegaram nos anos 1880... quando compraram terras de proprietários árabes ausentes (principalmente famílias libanesas, que não residiam na Palestina; naquela época, os árabes não estavam divididos em países, tudo era uma coisa só, sob o domínio do império turco), conduzindo à expulsão dos camponeses (palestinos) que as haviam cultivado.” (A disputa árabe-israelense, Don Peretz). “(Os judeus nativos e moradores da Palestina)... Não viam a necessidade da criação de um estado judeu na Palestina e não queriam prejudicar suas relações com os árabes.”
A ONU gerou um problemão. Um dia após a criação de Israel, o país foi atacado por sete nações árabes. Medo e pânico são maus conselheiros.

Nenhum comentário:

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

bolinhas bolinhas